Editor: Luiz Aparecido da Silva
 
 
Anúncios
Expediente
Email / Contato

03-04-2018
Sul-Brasileiro foi um grande aprendizado para Firás Fahs
 Divulgação 
Firás Fahs tira lições positivas de sua participação no Campeonato Sul-Brasileiro de Kart
 

FOZ DO IGUAÇU (PR) – O 21º Campeonato Sul-Brasileiro de Kart, encerrado no último sábado, em Londrina, foi um grande aprendizado para o piloto Firás Fahs, de Foz do Iguaçu. Em um único fim de semana, Firás viveu várias situações de corrida, que resultaram em um grande aprendizado, que será muito útil para a sua carreira no futuro.
Firás levou toque ou batidas em todos os treinos e provas da categoria Cadete no Kartódromo Luigi Borghesi. Andou com pista seca e com pista molhada (com pouca e muita chuva). Na quinta-feira, foi 16º no primeiro treino; 14º, no segundo; e 15º no terceiro. Terminou o dia como o 16º mais rápido. Na sexta-feira, foi 12º no warm-up e no treino classificatório, conquistou a 15ª colocação para o grid de largada. Na primeira bateria, foi o 13º e 17º na segunda, o que o levou a largar em 21º na Final. No sábado, foi 21º no warm-up, mesma posição que terminou a corrida.
Wassim Fahs, pai e chefe de equipe de Firás, diz que o importante foi o aprendizado. Os toques e batidas tiraram as possibilidades de figurar entre os primeiros colocados nas provas e fizeram com que o kart de Firás perdesse rendimento. Na bateria Final estava inguiável.
Copa São Paulo
Com o Sul-Brasileiro no passado, Firás passa a pensar somente na terceira etapa da Copa São Paulo, que será disputado no próximo dia 14, no Kartódromo da Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo. A competição será no mesmo circuito que será sede do Campeonato Brasileiro, em julho.

Classificação final da categoria Cadete
1º) Gabriel Moura, com 27, 5 pontos
2º) Heitor Dall Agnol Farias, 24, 5
3º) Eduardo Palu de Araujo, 18
4º) Marcelo Bensussan Ribeiro, 14
5º) Gabriel Dantas Koenigkan, 13
6º) Thiago Dalan Ferreira, 12, 5
7º) Murilo Vieira da Rocha, 12
8º) Miguel Piovan Leonardi Rugoni, 10, 5
9º) Akyu Myasava, 7
10º) Dimas Mota, 7
11º) Gabriel Malucelli, 6
12º) Enzo Brustello Ranieri, 5, 5
13º) Wagner Eduardo de Oliveira, 4
14º) Bernardo Miola, 1, 5
15º) Alfredinho Ibiapina, sem pontos
16º) Romullo Ribas, sem pontos
17º) Arthur Paranzini Sampaio, sem pontos
18º) Enzo Beltrão Nienkötter, sem pontos
19º) Antonio Teves Menezes, sem pontos
20º) João Pedro Martins, sem pontos
21º) Firás Fahs, sem pontos
22º) Danilo Gonçalves Machado, sem pontos

>> voltar